domingo, 30 de dezembro de 2012

Ano Novo





Amanhã será a primeira vez que não irei passar a Passagem de Ano com a minha família. Vou passar com amigos a ver o fogo-de-artificio (ainda se escreve assim com o Acordo?) no Parque das Nações e tenho a certeza que vai ser muito divertido.
Por isso não queria que passasse o dia sem vos desejar um ótimo 2013, recheado de coisas boas. 
E claro espero-vos ter aí desse lado pro ano que vem. Espero estar mais ativo por estes lados, além disso o próximo ano promete: lançamento d'As Faces da Mentira e entrada na universidade (aposto que vou postar coisas novas todos os dias nessa altura xD).

Um grande abraço para todos vocês e...

FELIZ 2013!!!


sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Under the Mistletoe

Como foi o vosso Natal? O meu foi bom, este ano não tive o meu tio cá, mas festejámos na mesma, com sonhos, fatias douradas e filmes da TV à mistura.

Aqui estão os meus valiosos presentes:













 
Quanto ao livro, prometo que falo sobre ele quanto o terminar, quanto ao telemóvel é um Nokia Asha 200, com Dual Sim. Sinceramente já li muitas coisas más sobre este telemóvel mas até agora parece-me perfeito.

Fiquem bem e comam muitos doces :p
 
Abraço!

domingo, 23 de dezembro de 2012

Jingle, Bell, Jingle Bell


Era só pra vos desejar um ótimo Natal e tudo de bom pra vocês, meus queridos leitores.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

21st of December, 2012

Bem pessoal, como o Mundo está quase a acabar decidi vir aqui despedir-me de vocês. De qualquer maneira vemo-nos no Inferno, já que os gays não vão pro Céu...

LET'S DANCE T'ILL THE WORLD ENDS


quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Amei II

Depois de tanto abanar...


Chiado

O Chiado para mim, além de ser um ótimo lugar para passar uma tarde, é o ponto de encontro para os gays de Portugal. Cada vez que lá vou o gaydar começa a apitar freneticamente. Mas além de gays, tem gajos giros a dar com um pau (passo a expressão, que neste caso calha muito bem). Era preciso que o meu campo de visão fosse de 360 graus para conseguir ver tudo.
E o que fui eu fazer ao Chiado? Comprinhas de Natal. Na verdade foi mais ver lojas e experimentar roupa, porque para mim a roupa que eu gosto, ainda está muito cara e como gosto mais de me ver com roupas da Pull and Bear e H&M, (nem vou mencionar as mais caras) fica mais difícil. Felizmente faço anos na época de saldos e posso sempre aproveitar nessa altura.
Outra coisa sobre as lojas é que os empregados são sempre muita hot (sejam eles, ou elas). E quase que fico tonto ao segui-los de um lado para o outro, com o olhar mais precisamente ao nível da cintura. ^^
E é por estas e por outras que tenho poucas esperanças em candidatar-me a uma loja destas, não acho que tenha perfil físico para o trabalho.
Ainda no Chiado fui à Fnac, comprar um livro para mim, mas infelizmente estava esgotado (os livros que eu quero são tão bons que até esgotam), chama-se  A Química da Morte (de Simon Beckett), é um thriller que eu adorava ler pelo facto da personagem ter como emprego algo que eu gostaria de fazer no futuro.
Acabei por comprar Uma Morte Súbita, o primeiro romance adulto da J.K.Rowling, a autora de Harry Potter e estou ansioso por ler esta nova faceta da autora.
Terminei a tarde a comer um duchesse na pastelaria Suíça com a minha mãe.

Para terminar tenho-vos a dizer que a Baixa está lindíssima à noite, especialmente com aquela bola de natal gigante luminosa.

domingo, 16 de dezembro de 2012

A Love To Hide



Vi este filme aqui, graças ao Mark e agradeço-lhe do fundo do coração por isso.
Adorei o filme, apesar dos sentimentos que despertou não serem dos melhores. Tristeza, pura tristeza de uma realidade não tão antiga quanto pensamos.

Temos de acreditar que nunca mais um ser humano pense em fazer tal barbaridade à raça humana, seja ela gay, judia, cigana, deficiente... Somos todos humanos e evoluímos todos no mesmo sentido e como cidadãos de uma civilização devemos agir como tal.

Vejam o filme, a sério.

sábado, 15 de dezembro de 2012

Cute lvl 99


As Faces da Mentira - Trailer



Este é o meu presente de Natal adiantado para vocês: o trailer da história que estou a compor, que penso eu, terminarei em 2013. Já estou a meio, por isso brevemente os primeiros capítulos serão divulgados.

Enjoy!

PS: Vejam em HD, se possível. Também há em 3D, quem quiser.

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Porque Ainda Te Amo



Não sou fã de música em português, confesso. Mas esta música chamou-me a atenção pelo sentimento e pela sua intensidade.
Além de que me identifico bastante com ela.

Amei


quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Oh God...


Eu não sou de publicar muitas coisas deste tipo, mas esta não resisti. Dá-me cá um arrepio...

Piece of Heaven II


O universitário que está na minha turma de Matemática A é mais ou menos assim, só que tem os olhos verdes. Ás vezes faz a barba e fica com um ar tão cute.

O que acham?

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Crescer

Sabes que estás a amadurecer quando as saídas à tarde com amigos para irem ao cinema, passam aos jantares seguidos de um passeio ao luar e um café para aquecer a alma.

É como quando chega aquela altura em que já não tem mais piada brincar com os LEGOs ou com os bonecos da Playmobil.


Estás a crescer.

Piece of Heaven

 
É o vencedor do concurso da Andrew Christian. Com as suas sobrancelhas arqueadas e olhar azul matador, arrebata qualquer um. Já sei o que pedir ao Pai Natal.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Bite


Consigo-me imaginar assim. Quem é que não gosta de ser um pouquinho selvagem de vez em quando?

Sleeping together


Quem é que não gosta de dormir assim ao lado do seu mais-que-tudo? Assim encostadinho a ele, ainda por cima agora está frio.

Cute


Isto é tão fofinho *-* Carente Mode ON

Sim like


 Já imaginaram se fossemos tipo Sims? Era uma desgraça.




domingo, 25 de novembro de 2012

As Faces da Mentira

As Faces da Mentira é um projeto que comecei no ano passado. Uma história saída dos recônditos da minha mente baseada em  grande parte na minha relação com o Tuga (ou na relação que gostaria que tivessemos) e em vários livros e histórias que li até agora. É apenas uma forma de expressar a minha diarreia mental. 
Já mostrei o prólogo e o primeiro capítulo aqui no blogue em 2011.
Entretanto abandonei o projeto mas recentemente com o tempo livre que tenho a mais dediquei-me à escrita dos capítulos seguintes e orgulho-me em dizer que já estou no sexto capítulo de 18. Inclusive já tenho em mente uma continuação, Crime de Sonho, mas provavelmente só poderei concretizá-la daqui a alguns anos depois da minha licenciatura pois vai ser um thriller policial e preciso de alguns dados e factos precisos.

Tudo isto para dizer que quando estiver a meio do livro, por volta do capitulo 9, vou começar a publicar semanalmente (ou de 2 em 2 semanas) um capítulo para vossa diversão e também para me darem a vossa opinião. As pessoas que já leram os capítulos (as minhas melhores amigas) até agora estão a adorar e espero que vocês adorem também e que se deliciem com a história entre o Filipe e o Rafael (e as outras personagens).


Este é a capa/poster que a Kal fez para o livro. Queria-lhe agradecer pelo trabalho e dar-lhe os devidos créditos.

PS: Não se esqueçam de uma coisa: Nunca julguem um livro pela capa.

sábado, 24 de novembro de 2012

College guys


Não sei se é da maturidade, mas estou a ganhar mais interesse por gajos na casa dos vinte (não sei se é o caso do modelo). Os mais velhos inspiram-me mais segurança e mais sinceridade (alguns). Nem quero imaginar quando for pra universidade. Ainda por cima, graças a um leitor que anda na faculdade que quero, soube que lá existem poucos rapazes, mas são bons. ^^

PS: Gosto bué de gajos com este tipo de barba. Sexy xD

Beijos


Adoro beijos no pescoço. Adoro passar (ou passarem-me) com a ponta da língua na veia jugular.

E vocês?

That's all I have to say


Semelhanças


Como vês, Rapaz das marés, somos mais ou menos parecidos (ou não). Eu sei que não sorri, mas pronto xD

PS: Deixei crescer a barba só para tirar a foto, não é meu costume usar.

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Eu

O que está a negrito é verdade, o que está normal não e o sublinhado é +/-
Fui roubar isto ao Rapaz das marés.

Tenho menos de 1.65m.
Tenho uma cicatriz.
Gostava que o meu cabelo tivesse uma cor diferente.
Já pintei o cabelo.
Tenho uma tatuagem.
Eu nunca usei suspensórios.
Um estranho já me disse que era bonito/a.
Tenho mais de 2 piercings.
Tenho sardas.
Já jurei algo aos meus pais.
Já fugi de casa.
Eu tenho irmãos.
Quero ter filhos no futuro.
Tenho um emprego.
Já adormeci numa aula.
Faço quase sempre os trabalhos de casa.
Já estive no quadro de honra da escola.
Já disse "LOL" durante uma conversa.
Ainda choro a ver filmes da Disney.
Já chorei de tanto rir.
Já rasguei as calças em público.
Tenho uma doença de nascença.
Já tive que levar pontos.
Já parti um osso.
Já fiz uma cirurgia.
Já andei de avião.
Já fui a Itália.
Já fui à América.
Já fui ao México.
Já fui ao Japão.
Já fui à Suiça.
Já fui a África.
Já me perdi na minha própria cidade.
Já fui à rua de pijama.
Dei um pontapé a um rapaz onde dói mesmo.
Estive num casino.
Gostava de jogar verdade ou consequência.
Já tive um acidente de carro.
Já fiz ski.
Já entrei numa peça de teatro. (entrar, entrei, mas só que ela não se chegou a realizar xD)
Já me sentei num telhado à noite.
Costumo pregar partidas às pessoas.
Já andei de táxi.
Já comi sushi.

Já tive um encontro às cegas.
Sinto falta de alguém neste momento.
Já beijei uma pessoa com mais 8 anos do que eu.
Já me divorciei.
Já gostei de alguém que não sentia o mesmo por mim.
Já disse a alguém que o/a amava, quando não era verdade.
Já disse a alguém que o/a odiava quando na verdade o/a amava.
Já tive uma paixão por alguém do mesmo sexo.
Já me apaixonei por um/a professor/a.
Já me beijaram à chuva.
Já beijei um estranho.
Fiz algo que prometi não fazer.
Já saí sem os meus pais saberem.
Já menti aos meus pais acerca do sítio onde estava.
Tenho um segredo que ninguém pode saber. (bem... só alguns é que não podem saber :D)
Já fiz batota.
Copiei num teste.
Passei um semáforo vermelho.
Já fui suspenso na escola.
Já testemunhei um crime.
Estive preso/a.
Já consumi álcool.
Bebo regularmente.
Já desmaiei de tanto beber.
Estive bêbado/a pelo menos uma vez nos últimos 6 meses.
Já fumei ganza.
Já tomei drogas fortes.
Consigo engolir 5 comprimidos de uma vez sem problemas.
Já me diagnosticaram uma depressão.
Tenho problemas de ansiedade diagnosticados.
Grito com os outros quando estou enervada/o.
Tomos anti-depressivos.
Sofro/sofri de anorexia ou bulimia.
Já me aleijei de propósito.
Já acordei a chorar.
Tenho medo de morrer.
Odeio funerais.
Já vi alguém morrer.
Alguém que me era querido suicidou-se.
Já pensei em suicidar-me. (águas passadas)
Tenho pelo menos 5 CD’s.
Tenho um ipod ou um mp3.
Sou obcecada por anime.
Já comprei alguma coisa pela Net.
Canto bem.
Já roubei um tabuleiro de um restaurante de fast food.
Eu vejo o noticiário.
Não mato insectos.
Canto no duche.
Já fingi estar doente para não ir à escola.
Acedo à net pelo meu telemóvel.
Ando no ginásio.
Sou fanático/a por desporto.
Cozinho bem.
Já fui de pijama para a escola.
Sou capaz de disparar uma arma. (arco e flecha são considerados arma? xD)
Amo amar.
Eu ja exkrevi axim.
Eu riu-me das minhas próprias piadas.
Todas as semanas como fast food.
Acredito em espíritos. (acredito em algo transcendente aos seres humanos)
Já fui para um teste sem estudar e tive boa nota. (inglês)
Sou muito sensível.
Adoro chocolate branco.
Tenho o hábito de roer as unhas.
Sou bom/a a decorar nomes.
Associo músicas a pessoas/momentos.

Estão à vontade para fazerem também.

sábado, 17 de novembro de 2012

Amanhecer - Crítica

Como já referi fui ontem ver o filme "A Saga Twilight: Amanhecer Part 2", o último filme baseado na saga de livros de Stephenie Meyer. Vou tentar falar sobre ele sem colocar muitos spoilers.
Adorei, essencialmente, acho que o realizador foi espetacular e deu exatamente aos fãs aquilo que eles queriam. Houve um momento de cortar a respiração, que achei genial, foi a minha cena favorita, apesar de me ter deixado um pouco emocionado, confesso.
Achei que a adaptação da Bella foi demasiado rápida (não gostei de a ver tão pouco tempo com os olhos vermelhos), aliás, para mim, o filme foi demasiado rápido.
Todos falam sobre a Reneesme ser demasiado digital, mas a verdade é não havia outra forma de criar uma bebé tão expressiva e compreensiva em tão tenra idade, afinal estamos a falar de uma bebé sobrenatural. Mesmo assim não resisti à sua doçura.
Na cena final senti uma nostalgia imensa e achei muito fixe, da parte do realizador colocar o nome de todos os que participaram nos filmes da saga nos créditos finais.

Agora falando mais sobre a saga em si:
Conheci a saga por acaso em 2008, quando li o terceiro livro (Eclipse) e apaixonei-me pelas personagens, identifiquei-me com o Edward e o Jacob, porque acho que tenho um pouco dos dois, tenho o lado divertido e resmungão do Jacob e o lado sério e amoroso do Edward.
Quando comecei a pesquisar mais sobre estes livros descobri que existiam mais dois (na altura) e depressa me mentalizei que os iria comprar. No entanto nessa mesma pesquisa descobri que já estavam a fazer um filme sobre o primeiro volume, Crepúsculo. E nunca imaginei que atingisse esta magnitude.
Porém como rapaz que sou e como discriminado que sou por gostar desta saga, gostava de a defender de um certo ponto de vista. Esta saga não é sobre uma adolescente anti-social que se apaixona pelo vampiro cheio de purpurina que era capaz de por os cabelos de Bram Stoker em pé.
Esta saga é mais que isso. É sobre um amor perfeito, que a autora só conseguiu exprimir num nível sobrenatural. É sobre um amor perfeito que tem obstáculos, que acabamos por descobrir que não é tão perfeito assim, há dor e há sofrimento. Mas não é só de amor de que fala esta história, fala também de escolhas, de amizade, de coragem, de cobardia, de poder, e sobretudo da união da família, mesmo que não seja ligada por sangue, mas neste caso por veneno.

E orgulho-me de dizer que o Edward e a Bella ensinaram-me um pouco mais sobre o amor, a valorizá-lo, a torná-lo especial e único.

Mas, tal como o Harry Potter, está na hora de colocar o Edward e a Bella na estante para os ler mais tarde, para mim mesmo ou quem sabe para os meus filhos.

Tenho a certeza que esta dupla viverá feliz PARA SEMPRE.


PS: Adorei ver os boxers do Jacob xD

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Colton Haynes III


Oh yeah, baby, cum to me...
Não, não me armei em hacker e fui vasculhar o computador do rapaz, estas imagens pertencem ao filme Look em que ele faz assim umas cenas destas, incluindo uma cena de sexo com uma rapariga (ele tem um rabo tão bom!), se quiserem podem pesquisar.

Digam lá se ele não vos fazia felizes. xD

PS: É o que dá ter tumblr, encontra-se destas coisas.

Colton Haynes II


Além de ser extremamente hot, fez um photoshoot destes quando era mais novo. Pena de todas as penas, ele assume-se como heterossexual.

Colton Haynes I


Este é um dos meninos bonitos de Teen Wolf, mas infelizmente abandonou a série. Ele não é extremamente hot? Comia-o até enjoar.

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Sinceridade


Estendal


So... delicious!

Bromance

 

Este video demonstra que mesmo fora do ecrã Javier e Adrian (Fer e David, respetivamente) mantêm a amizade e o afeto que raramente se vê numa amizade entre rapazes, a propósito disto li este comentário:
If only all male friendships are like this. Showing respect, affection and love to one another without hesitations or inhibitions and without people judging, the world will be a much better and happier place for everyone.
Basicamente o que diz é que se todas as amizades masculinas fossem assim, com respeito, afeto e amor para com o outro, sem hesitações ou inibições, nem ter pessoas a julgarem, o mundo seria um lugar muito mais feliz e melhor para todos. E é a mais pura das verdades, sempre tive vontade de abraçar um amigo ou mesmo dar-lhe um beijo na bochecha, um ombro amigo pra ele chorar ou o contrário, mas temos sempre medo que ele, ou as pessoas que nos rodeiam pensem noutras coisas e nos julguem. Acho que temos de parar com "os homens não choram" e "as meninas têm de ser excelentes donas de casa". Temos de evoluir, para o bem da sociedade e do ser humano.

Contos de Fadas


 

Tenho a dizer que com este Capitão Gancho, eu ia até à Terra do Nunca dar-lhe lustro... no gancho. ^^ O eyeliner, a barba, o ar de mau e o brinco na orelha... Por Poseidon, que tesão!

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Fer/David | Wish You Were Here



Segunda feira termina Físico-Quimica para sempre. Adorei ver a série e conhecer toda a história do Fer e do David, são uma inspiração para todos os casais gays, eu acho.

Também quero um David pra mim *-*

Together


Adoro estar assim com alguém, é tão amoroso. Ainda por cima se for numa cama, a dormir. *-*

Carente Mode ON

PS: Estas últimas fotos são made in tumblr.

Missionário


Isto é só porque estou on fire, adoro a posição e os gajos são bué lindos. Just that.

Ai os calores...


Tenho saudades da praia... e do calor. Com o inverno anda tudo muito vestido. :x

Self control

Isto de andar com demasiado tempo livre está a dar cabo de mim. Demasiado tédio e depois quando vou à rua só vejo gajos giros. E eu a pensar que isto das hormonas aos saltos acabava aos 18. >.>
É loiros, é morenos, é de olhos verdes, azuis, castanhos, é cus bons... bi sofre!


Ainda por cima, estou solteiro.

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Moche(?)



Adorava fazer isto com os meus amigos ^^

HAHAHAHAHA

PS: Este foi um video que eu encontrei por acaso no youtube, mas tem a sua graça.

O que é nacional, é bom...




José Fidalgo

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Aquele momento...

... em que tu sais de casa no preciso momento em que começa a chover torrencialmente.

Gajos

Ontem vi três gajos ( na verdade são mais que três, mas pronto)
O primeiro foi quando ia pro Externato, para chegar lá preciso de apanhar dois autocarros, mas como o segundo demora sempre imenso tempo a vir costumo ir a pé e até costumo encontrar rapazes interessantes. Mas desta vez o que me chamou à atenção foi aquele efeito especial que poucos rabos têm. Que é o seguinte: ao andar, consegue-se ver perfeitamente as nádegas a subirem e a descerem. 
Vocês podem pensar, "Ah, grande coisa", mas eu adoro ver um bom rabo, ainda por cima o rapaz vestia uns calções que lhe assentavam que nem uma luva no traseiro. 
Assim fui eu a admirar a paisagem durante o passeio, foi então que reparei que ele estava a entrar no prédio do Externato e TCHANAM, ele estuda lá, mas deve estar noutro curso, porque não é da minha turma. Curiosamente quando sai ele estava à porta com uns amigos, mas tive a sensação que ele ficou com medo de mim por o estar a perseguir ou assim. HAHA
O segundo foi o rapaz dos correios aqui no bairro, estava a voltar a casa, quando o vejo no bairro com o colete dos CTT e o trolley, ele era tão giro. *o*
O terceiro é mais no plural pois foi um grupo de gajos que vi no Pingo Doce, que deviam morar ali perto e então vieram ao supermercado almoçar apenas vestindo uma t-shirt e uns calções curtos que dava para se notar o formato do traseiro, que era bem bom. Ainda por cima eram estrangeiros.

GOD, WHYYY?!


segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Tumblr

Decidi criar um e partilhar com vocês o que eu chamo de: personalidade em imagens.

Espero que gostem ^^

http://thelosthost.tumblr.com/

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Votações

Do vosso lado direito estão duas votações que eu decidi iniciar, que passo agora a explicar cada uma:

A primeira é sobre a utilização do preservativo no sexo oral. Quase ninguém o usa, dizem que sabe a borracha e não se sente nada. Eu quando fiz sexo oral com o meu namorado (na altura), ambos usámos preservativo. E sente-se na mesma, acreditem ^^ E quanto ao sabor, escolham uns que vos agradem. Os nossos eram de baunilha e eram deliciosos.
O que eu quero dizer com isto tudo é que as DSTs também se transmitem através do sexo oral, devido ao contacto com as mucosas que podem conter aberturas microscópicas para os vírus oportunistas. E quanto àquele mito de que o suco gástrico elimina-os, esqueçam, o vírus do VIH tem uma cápsula extremamente forte.
Este aviso é principalmente para as pessoas que não têm parceiros fixos, que têm sexo ocasional nas discotecas e nos bares gay.

Portanto esta votação é só por curiosidade, se fizerem o favor de votar.



Quanto à segunda, só queria saber se estivessem a ler um romance gay, se as cenas de sexuais deviam ser pouco explícitas, eróticas ou mesmo sexuais. Vou-vos dar um exemplo:

Pouco explícita: Enrolámo-nos nos lençóis como se fossemos um.

Erótica: Deixei que os lençóis nos envolvessem enquanto os nossos corpos suados, escorregavam um no outro e os nossos sexos pulsavam de prazer.

Sexual: Tapámo-nos com os lençóis e foi aí que ele me virou de barriga para baixo e me espetou violentamente com o seu pénis fazendo-me arfar de dor. Cada estocada era mais forte até eu sentir algo quente dentro de mim.

Votem na que mais vos agrada, eu pessoalmente prefiro a segunda, é mais romântica.

Esta última votação é por causa de um projeto antigo que não continuei e recentemente voltei a pegar nele, mas não volto a publicar até ter um número considerável de capítulos.


E hoje fico-me por aqui, boa noite!

Esta versão é mais interessante

domingo, 7 de outubro de 2012

Aquele momento...

... em que o empregado do Apoio a Cliente do Pingo Doce é tão giro que tu quase vomitas arco-íris.

Cabelo curto, loiro, olhos azuis e magrinho *-*

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Atualização das cenas

Eu continuo vivo, ausente, mas vivo. Verdade seja dita que eu venho aqui todos os dias ver os posts dos outros, mas escrever os meus tá quieto. Talvez seja da preguiça, ou da falta de novidades.
Desde o resultado dos exames de 2ª fase até ao começo das aulas em setembro, foi tudo num ápice.
Como já vos tinha dito, não consegui passar nos exames para concluir o secundário. Sendo assim decidi inscrever-me num colégio para acabar as disciplinas em módulos capitalizáveis. Pode sair caro, mas ao menos tenho a certeza de que vou concluir tudo este ano, faltando me apenas a Matemática A e a Físico-Química. Não me escapo aos exames (graças às invenções do senhor Nuno Crato, tema para outro post), mas ou menos não necessito de ter positiva.
Com a chegada de setembro há o choque com a nova realidade em que estou inserido: vou ter de andar um ano a completar disciplinas enquanto grande parte dos meus amigos vai para a faculdade e expressa a sua felicidade nos murais do Facebook com as palavras de aceitação da DGES.
Podem achar que estou a fazer um drama, mas para mim, que nunca me imaginei numa situação destas (fui sempre um bom aluno com excelentes notas), sinto-me extremamente frustrado. Mas a verdade é que sou eu e mais metade da minha turma de 12º ano que ficou retida com a Matemática (além de ser o calcanhar de Aquiles dos estudantes, alguns professores não ajudam muito).
Com isto tudo, começou o ano letivo no colégio e é um ambiente completamente diferente do de uma escola secundária, ainda mais quando é ensino recorrente. Vou fazer três anos de Matemática e um de FQ em apenas um ano, mas tenho aulas até Julho e as minhas únicas avaliações vão ser em Janeiro, Abril e Junho, excelente não? As aulas são porreiras, gosto da professora, ela explica tudo ao pormenor e estou a gostar bastante da matéria, parece que ganhei interesse à disciplina. Também me ando a aplicar bastante, faço exercícios todos os dias para consolidar a matéria e a verdade é que não está a ser muito mau.
Quanto à turma, é enorme e só tem pessoas +18. Tem algum pessoal bem giro. Gajas loiras de cabelos compridos e gajos com cabelo preto, olhos claros e barba. Achei bastante piada a um que já anda na faculdade e um dia apareceu lá trajado. Estava tão hot, ainda por cima o traje caia-lhe bem.
Mas só com duas aulas por semana fico com demasiado tempo livre. Estou à espera do certificado de habilitações para começar a fazer o CV e lançar-me na busca de um trabalho. Com o 12º incompleto, 18 anos e sem experiência é difícil, mas o que custa tentar? Já ponderei a Starbucks, uma livraria ou loja de multimédia (tenho um curso de informática creditado pela Microsoft, tem de valer algo LOL) e até uma loja de roupa, como a Pull&Bear ou H&M (Non, podes meter uma cunha? xD).

E pronto, é esta a minha vida por agora. Vamos ver se sou mais assíduo por aqui.

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

domingo, 9 de setembro de 2012

Teen Wolf II



Este não é só o bad guy da série, mas também o menino bonito. O ator é lindo e tenho-vos a dizer que ele já fez umas cenas e umas fotos (com gajos)... ui ui...

Pode ser que vos mostre :D

Teen Wolf



Agora, a conselho de uma amiga, ando a ver a série Teen Wolf, que fala sobre um adolescente que é mordido por um animal e acaba por descobrir que se tornou lobisomem. Fantasia à parte, a série é fantástica, a banda sonora e os atores também.

Estas duas personagens no video pertencem à série e existe um grande grupo de fãs a querer torná-los um casal. O cast é muito divertido e já falou sobre isto várias vezes, inclusive o produtor. Pode ser que se torne realidade.

If You Were Gay



As crianças deviam ver isto.

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Férias

Depois deste tempo conturbado de estudo compulsivo e exaustivo e exames, atrás de exames, posso finalmente dizer que estou de férias.
O que me irrita é que passei metade das minhas férias estudar para dar o resultado que deu (ou que vai dar).
Sim, parece que não é este ano que vou para a faculdade.
Vou andar um ano a concluir duas disciplinas e não estou contente. A única coisa boa é (tentar) arranjar um trabalho que dê para angariar algum dinheiro para a faculdade.


Acho que agora o que me resta... é aproveitar as férias!

sexta-feira, 13 de julho de 2012

terça-feira, 10 de julho de 2012

I have balls/Final de Ano/Exames

Depois de contaminar o meu grupo de trabalho com indícios de que iríamos fazer um trabalho sobre gays, eles no fim lá aceitaram, não tinhamos outro tema, logo não havia escapatória (I'm evil, I know).
O Peter foi o primeiro a contrariar o tema, mas quando me juntem com ele para começarmos a fazê-lo ele perguntou-me se eu queria mesmo fazer sobre aquilo e eu confirmei. E ele acabou por aceitar na boa, até se mostrou interessado.
Em relação ao trabalho em si, fomos muito sintéticos. Falámos sobre LGB, o conceito de cada um (fizemos só uma breve referência ao transgenerismo), sobre a história da homossexualidade (desde a Grécia Antiga até aos dias de hoje), sobre a discriminação e os estereótipos. O trabalho tinha montes de videos auxiliares e interativos mas como a net da escola era tão boa só conseguimos ver um. Com a ajuda de um guia feito pela rede Ex Aequo elaborámos uma série de atividades interativas que animaram a apresentação. Uma dessas atividades era um jogo em que passava uma imagem de uma pessoa conhecida da televisão/cinema/música e a turma tinha de adivinhar com base nos presentes estereótipos da homossexualidade se a pessoa era gay ou hetero.
Acho que a missão do trabalho foi feita e consegui ver que a minha turma não é tão homofóbica como julgava e houve rapazes que até tiveram uma boa reação, por isso concluo que o balanço final é bom.
O final do ano fluiu naturalmente e mais depressa do que eu julgava, entre testes e trabalhos.
Acabei com 14 a Português, 17 a Psicologia, 16 a Biologia e 13 a Educação Física.
Entretanto vieram as férias que no 12º ano não se podem chamar férias, mas sim marrar para os exames.
Marrei tanto para Português (que correu bem, apesar de não ter gostado muito d'Os Lusíadas), que fiquei completamente exausto e ainda tinha de estudar para dois exames.
Dei em louco no estudo para Matemática, sentia que não sabia fazer nada e nem conseguia ler os livros de apoio, estava a ganhar uma repulsa àquilo, só me apetecia atirar da janela. Tinha a sensação de chegar lá e não saber fazer nada, desesperei até ao último minuto, estive prestes a desistir, mas lá fui.
Não fiz o suficiente, mas fiz mais do que estava à espera, por isso fiquei um pouco mais entusiasmado para ir a 2ª fase.
O Exame de Físico-Química foi um desastre, a matéria que saiu foi a que menos estudei e muitas coisas já não me lembrava do ano anterior, mesmo assim fiz alguns exercícios mas estavam todos mal (eu sou fantástico, podem dizer).
Entretanto os resultados chegaram: 14 a Português, 5 a Matemática A e 4 a Físico-Química.
Lá estou eu na 2ª fase de Matemática e FQ. Se ainda penso em acabar o secundário este ano? Bem, a esperança é a última a morrer!
Agora com mais tempo para estudar e para me aplicar, pode ser que não entre em parafuso.
E pronto é este o meu relato de tantos meses fora (sim, é pouco eu sei), apartir de agora vou tentar estar mais presente aqui, aproveitar que tenho mais tempo. Com tempo também pensei recuperar um antigo projeto que cheguei a colocar aqui mas nunca o terminei, As Faces da Mentira, alguém se lembra? Pois bem, escritos, já tenho três capítulos e pensados já tenho uma sequela, por isso é só meter mãos à obra.


E essas férias como estão a ser?

segunda-feira, 9 de julho de 2012

domingo, 17 de junho de 2012

"Pensar é estar doente dos olhos"

Eu sei que tenho estado ausente mas mesmo assim queria vir cá desejar "muita merda" a todos os que têm exames amanhã.


Beijos!


PS: Depois desta tempestade passar, prometo voltar.

terça-feira, 5 de junho de 2012

No meu tempo...



"No meu tempo..." eram os Jonas Brothers, agora as pitas tão loucas pelos One Direction.
Mas vá, eles até são giros e cantam bem.

Orgasmos musicais



Se eu vos disser que cada vez que ouço Florence + The Machine sinto um arrepio na espinha durante toda a música, não vos estou a mentir.

domingo, 27 de maio de 2012

Gostei II




Gostei também muito desta, soa-me a Coldplay ou The Fray. Além do gajo ser extremamente cute.

Gostei



Gostei bastante da vencedora, tem um toque à "Florence and the Machine".

quarta-feira, 23 de maio de 2012

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Matemática

Qual é a probabilidade de conseguir fazer uma apresentação para Psicologia com o tema LGBT num grupo só de rapazes em que só dois sabem que eu sou bi?

Acho que a resposta é 0

sábado, 12 de maio de 2012

It Could Happen To You



Encontrei este video num blogue e achei por bem partilhar. Este video fez-me pensar em várias coisas, como os pais, por exemplo. Não sei como é que uns pais conseguem fazer isto a um filho, não sei mesmo.

sexta-feira, 4 de maio de 2012

O cúmulo

O cúmulo é quando o Tuga tem um amigo que é bi que quer trocar número comigo.
Isto depois de lhe ter dito que ele era lindo e que fazia uma garganta funda como ninguém. Coitado do Tuga, ficou traumatizado.

Pilas

É estranho falar sobre pilas com o Tuga, porque parece que ele sabe mais que eu.

sábado, 28 de abril de 2012

Magic Mike (II)

No seguimento do post anterior, encontrei esta imagem:


E digamos que é mais um pretexto para ir ver este filme. Channing Tatum e Alex Pettyfer *o*

sexta-feira, 27 de abril de 2012

quarta-feira, 25 de abril de 2012

sábado, 21 de abril de 2012

Olhos


Hoje vi um rapaz no autocarro com uns olhos assim, verdes brilhantes. Estava a olhar para mim quando olhei para ele. Depois de me sentar ainda trocámos uns olhares, mas infelizmente saí primeiro que ele. É pena, ele era interessante.

terça-feira, 17 de abril de 2012

Prá menina




Ando aqui a pesquisar uns vídeos para colocar no trabalho de Psicologia e não é que este me interessou bastante? O:

sábado, 14 de abril de 2012

Futuro II

Em resposta ao comentário de um Anónimo sobre o porquê de não seguir Medicina, tenho a dizer que essa ideia já me passou pela cabeça e enquanto tive na UNL, fiquei com uma enorme vontade de seguir aquilo. Porém não seria clínica, optaria pela investigação.
Mas há um entrave, a média. Digamos que não tenho uma média muito alta para entrar em Medicina e por vezes os estágios são em Clínicas e eu detesto isso. Um bom argumento de eu não ir para Medicina Clínica é pelo simples facto de eu ser muito meticuloso e preferir mortos a vivos, porque os mortos... já tão mortos. LOL
Acho muito mais piada a descodificar uma cena de crime ou um esqueleto. Encontrar o criminoso e identificar o cadáver. Acho que é tão gratificante como a Medicina, não salvamos vidas, mas fazemos justiça.
E uma das razões para a qual quero me especializar em Antropologia Forense (depois de Ciências Forenses, claro) é que poderem juntar duas coisas que eu adoro, História e Biologia. Poderei trabalhar com múmias, reis, mártires de guerra e mudar a História. Lembro-me de há algum tempo atrás ouvir uma reportagem sobre a antropóloga forense portuguesa, a Drª Eugénia da Cunha, em que esta estava decidida em estudar os restos mortais do D. Afonso Henriques e atribuir-lhe uma cara, a qual possamos ligar o nome. O problema é que ainda não tinha sido autorizada (não percebo porquê, afinal a história do passado faz-nos entender o presente) e duvidava que isso acontecesse. Fiquei maravilhado com a reportagem e seria uma honra para mim fazer parte de tal projeto. Ainda por cima é ela a coordenadora do Doutoramento em Antropologia Forense na Universidade de Coimbra (o qual eu gostava de tirar).

Já quis ser Veterinário, Professor, Engenheiro Informático, Historiador, Egiptólogo, Antropólogo e agora mantenho-me nas Ciências Forenses e dou graças a Deus por faltarem poucos meses para estar tudo decidido ou ainda mudava de ideias outra vez.

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Futuro

No final do 2º Período fui numa visita de estudo à Faculdade de Medicina da UNL, com o objetivo de nos mostrar o maior leque de cursos disponíveis possível.
Começámos com uma palestra no auditório com o senhor Reitor, professores e alunos. Escusado será dizer que a cada frase, diziam sempre "E esperamos ver-vos para o ano". 
Depois da palestra, fomos visitar algumas partes da Faculdade,inclusive a Sala de Doutoramentos, que é linda, e a partir daí formamos grupos e seguimos para uma espécie de atelier, onde um professor e um aluno nos iria mostrar como é o ambiente académico na faculdade.
Segui a aluna que nos guiava até ao Teatro Anatómico (sim, eu escolhi ver mortos) até à porta, onde tivemos de esperar pelo professor que ainda não tinha chegado. É então que passa por mim um "aluno" todo jeitoso (assim parecido com o da foto, mas mais giro) em direção à sala. Só depois de entrar é que me apercebi que afinal o "aluno" jeitoso era o professor de Anatomia (que ironia). O professor era super divertido, cativante, jovem e até interessante a ensinar. Explicou-nos tudo sobre a matéria, sobre a vida académica e a seguir fez a pergunta que todos esperávamos "Querem ver que órgão?", "Cérebro", sugeriu um aluno do secundário. Enquanto seguíamos o professor para o fundo da sala, fui analisando-a ao pormenor: estava cheia de mesas de autópsia, armários com órgãos mumificados e embalsamados, ossos e bonecos anatómicos.
Quando olhei para o professor ele já estava a pousar o cérebro humano sobre a mesa de autópsia e a pedir-nos para nos aproximarmos e retirarmos luvas da caixa se quisermos tocar. Corri para a caixa. À medida que os outros alunos da outras escolas tocavam no cérebro e lançavam risos ou esgares, fui contemplando cada armário, lembro-me de ver um feto de um ciclope (sim, o feto só tinha um olho), pés, mãos, ombros, cotovelos, corações, articulações, ossos. Fiquei a contemplar os últimos por mais tempo, afinal era aquele o meu objetivo futuro, estudar os ossos e decifrá-los. Voltei à mesa de autópsia para tocar no cérebro, era rijo e leve, analisei-o pormenorizadamente até que o cheiro a formol me invadiu as narinas e atacou-me os olhos. Entreguei o cérebro a outra pessoa, enquanto as lágrimas me começavam a escorrer pela cara. Que bom sistema imunitário tenho eu, pensei.
Depois de mais uma série de perguntas e visitas aos laboratórios de cirurgia, fomos dispensados e voltei a encontrar-me com a minha turma na entrada da Faculdade, pois só podia ir um aluno por escola a cada atelier. Ao chegar, apercebi-me que o meu atelier tinha sido o mais interessante e os outros eram completamente secantes, fiquei feliz.
Após sairmos da Faculdade, fui com um grupo de amigas almoçar ao McDonald's do Saldanha e depois do almoço, apanhámos o metro e seguimos para a Estação do Oriente, íamos à FIL, à Futurália. Só depois de resolvermos umas confusões e deixarmos a maioria das escolas que estavam lá sair é que fomos comprar os billhetes e entrámos. Após andarmos um quarto de hora de um lado para o outro, lá vistei ao longe a bancada que eu queria, a da Cooperativa Egas Moniz. Quase que corri para lá para pedir informações sobre o curioso que queria, Ciências Forenses e Criminais. Por sorte havia uma rapariga desse curso (bastante gira por acaso) que estava lá e começou a explicar ao grupo que estava lá tudo sobre o curso. Disse que havia bastante Matemática (NÃÃÃÃÃÃOOOO) e Química e que a turma era maioritariamente constituída por raparigas (WHAT?!), foi nesse momento que eu tentei esboçar um sorriso, mas foi então que eu olhei pro meu lado e além de mim estavam mais quatro rapazes interessados no curso, não percamos a esperança! Relatou-nos algumas experiências engraçadas como por exemplo quando vão para a Casa do Crime (é uma casa que a Cooperativa arranjou para levar os alunos do 2º ano a investigar cenas de crime, reproduzidas nela) e que uma vez descobriu lá droga na perna de um sofá. E nas provas de anatomia em que estão numa sala sozinhos com um professor e têm montes de vitrinas com órgãos e têm de identificá-los todos, mais as suas partes constituintes. Quando a questionei sobre as aulas de Antropologia Forenses, a que me interessa mais, era começou por rotular a professora de mórbida (acho que ela começou a dizer com entusiasmo: ah e estava cheio de crianças! - quando se estava a referir a um cemitério :x), e que nas aulas era lhes dado um esqueleto para construírem e para identificarem o morto, as suas patologias e a causa de morte. Os meus olhos brilharam nessa altura. Ela também referiu que a professora costumava levar alunos interessados para campos para estudarem restos humanos, nas férias (é um bom programa, não acham?). Terminou a dizer que era ainda uma área a crescer em Portugal e que como é o último ano dela, provavelmente vai ter de ir para o estrangeiro porque só estão a pensar em abrir um Departamento Forense na PJ daqui a três anos (e viva Portugal! -.-').
Depois deste dia fiquei ainda com mais certezas do curso que quero, Ciências Forenses e Criminais no Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz. Até lá, os únicos desafios que tenho é passar nos exames de Físico-Quimica (sim, ainda tenho essa para trás) e Matemática (sim, também me candidatei a essa, ando a ter explicações). A média não é muito alta, 11,4; mas não nos podemos esquecer que é uma Universidade Privada.

E é assim que eu paro para pensar e noto que daqui a alguns meses já posso estar na Faculdade a estudar para uma profissão que eu quero exercer no futuro.

PS: Peço desculpa pelo enorme texto e pela ausência, mas depois de tanto tempo sem vir aqui, tinha as ideias armazenadas e decidi colocá-las de uma só vez.

PS2: Como foi a vossa Páscoa? :D

domingo, 18 de março de 2012

Rock The Ballet

Adorava ir vê-los no Casino de Lisboa, mas 25€ está um pouco fora do orçamento.

segunda-feira, 12 de março de 2012

Guerra é Guerra!


Á duas semanas atrás fui ver este filme com um grupo de amigos e achei-o bastante engraçado especialmente pela forma cómica como abordam a promiscuidade.


Além de começar a gostar mais deste ator, o Chris Pine. Ele tem uns olhos tão lindos O:

Os Lusiadas

"Chupando, mais e mais se engrossa e cria"
Sendo que "cria", neste sentido, significa crescer, acho que é justo dizer que Camões era UM GRANDE TARADO!

quarta-feira, 7 de março de 2012

segunda-feira, 5 de março de 2012

Os detalhes do choque

No outro dia estava eu muito bem a passear com amigos pelo Vasco da Gama, quando me apetece ir a casa de banho. Lá fui eu, sozinho ás bem ditas casas de banho públicas do centro comercial.
Cheguei lá ao urinol e comecei a fazer o servicinho. É então que entra um rapaz negro (não me perguntem a idade) e se dirige aos compartimentos, mas volta atrás e vai para o urinol que esta a dois de distância de mim.
Até ai tudo bem, mas não é que ele se muda para o urinol ao lado do meu e pergunta "Sabes me dizer que horas são?", eu, feito ingénuo disse-lhe "16:15". É então que reparo nele a espreitar com um sorriso na cara. Imediatamente guardo o instrumento, fecho o zíper, lavo as mãos e bazo do WC. Enquanto lavava as mãos olhei para trás pelo espelho e reparei que ele já tinha saído, como se tivesse evaporado.
Confesso que isto nunca me tido acontecido e que fiquei bastante nervoso, só quando interiorizei a sua pergunta e a interpretei na perspetiva gay é que a assumi como uma frase de engate.
Digamos que foi engraçado e que não parei de rir com o sucedido, mas também achei um bocado porco, porque por muito desesperado que esteja, não me ia sujeitar a uma situação daquelas.


Mas enfim, deu para juntar às minhas experiências "paranormais".

quinta-feira, 1 de março de 2012

True Beauty






Acho injusto procurar a perfeição quando eu próprio não o sou. Talvez seja por isso que até agora não encontrei ninguém que preencha os requisitos, são demasiado rígidos.
Tenho de me capacitar que as estátuas não são humanos.
Nem os humanos são perfeitos. Nem a perfeição, humana.


Tenho que me contentar com o humano.